Você acredita em coincidências?

Você acredita em adivinhação? Em ler a sorte? Em cartomancia? Enfim; em supostos poderes de descobrir o futuro de uma pessoa pelas cartas, através do seu signo ou de uma bola de cristal ou seja lá qual for o método?
 
E em coincidências, você acredita?
 
a forçaPara além do acreditar e do não acreditar nestes supostos poderes divinatórios, uma coisa é certa, estou às voltas com uma pequena pesquisa acerca das cartas de Tarot e de como são utilizadas...
 
Como sempre, o tema não poderia ser nem simples e nem fácil de analisar. Pelo contrário, entre esoterismo e informações históricas a respeito do tarot eu descobri que há um mundo de informações.
 
Após minha leitura matinal, na qual passo pela wikipédia e outros sites, acabei em um "oráculo" online que usa as cartas e resolvi realizar um teste...
 
Ontem, no dia 24/8/16 a carta que o oráculo retirou do deck para mim foi "A Força" e hoje "A Lua". Ambas fazem parte dos grandes arcanos (em geral a adivinhação hoje dá-se por meio dos grandes arcanos, embora haja quem utilize todas as 72 cartas do tarot para isso: lançando mão tanto dos grandes como dos pequenos arcanos) e seus significados até que bateram com as minhas indagações ( o site pede para que você mentalize uma pergunta antes de clicar no botão que irá sacar a carta do deck virtual: mas não sei qual é o sistema de leitura utilizada por este site, uma vez que ele exibe apenas uma carta e não várias, como é de praxe na maioria dos métodos de leitura ) e estado de espirito. Mas não me admira as ideias que as cartas simbolizam terem combinado com minha dúvida e meu estado de espirito: de certo modo todos os métodos divinatórios possuem uma mescla de efeito placebo aliado à conceitos "coringa", que podem se adequar a várias situações e estados de espirito genéricos e comuns a todas as pessoas e situações.
 
the moonPensando por esse lado da coisa, esse processo divinatório serve como um método para a pessoa realizar uma releitura de si mesma; uma introspecção na qual avalia a si e aos seus sentimentos... Ao menos pode servir com esta finalidade. Daí o porque as pessoas que acreditam - ou que estão predispostas a realizar a coisa nem que seja pela brincadeira - acharem que as cartas realmente acertaram alguns aspectos a respeito do momento que elas estão vivendo, bem como as que não acreditam acharem que as cartas não falaram nada com nada. A coisa toda começa em quem está recorrendo ao Oráculo e não no Oráculo em si. E a adivinhação tem mais a ver com a interpretação que a pessoa faz das "revelações" que lhe são feitas do que com "adivinhação" pura e simples.
 
Eu poderia dizer que aproveitei ainda para recorrer ao folclore japonês em suas roupagens contemporâneas e me aprofundar um pouco mais nesta pesquisa e que acabei no quinto episódio de XXX Holic (eu recomendo muito este anime). Mas a verdade é que resolvi assistir o anime apenas por distração e coincidentemente o quinto episódio era sobre adivinhação. Coincidência? Pegadinha da minha própria mente? Quem sabe...
 
Como eu dizia, o quinto episódio retrata bem o que é esta "falsa" adivinhação e como ela é utilizada terapeuticamente pelas pessoas... Mas há ali também uma "verdadeira" adivinhação; à qual eu provavelmente não poderei recorrer, visto que pessoas com verdadeiros poderes divinatórios não podem ser encontradas em uma busca pela internet... E fazendo meu o jargão de Chapolin (episódio dos duendes): não que eu acredite na verdadeira adivinhação, ma que existe existe...
 
o mundo 2Para tornar ainda mais estranho estes meus dias às voltas com essa pesquisa; eis que ontem (dia 24/8/2016) um colega de trabalho comenta que sonhou que eu havia morrido - ainda bem que já ouvi algo à respeito e, segundo o que dizem, sonhar com a morte de uma pessoa é sinal de que coisas boas acontecerão para esta pessoa e saber disso me deixou bem mais tranquilo com a coisa toda, kkkk.
 
Apesar disso, eu chego exatamente onde quero com esta pequena pesquisa: o processo divinatório funciona como as fábulas, ou seja, servem como um recurso terapêutico às pessoas, desde que estas recorram a estes meios sem tirar totalmente os pés do chão.
 
Mas quero ainda me aprofundar na construção das cartas como arquétipos... É aí que reside o grande foco desta pesquisa e terei de procurar mais nos materiais que contam como e porque as cartas foram inventadas - ou pelo menos quando passaram a ser utilizadas com fins misticos.
 
Antes de me despedir por hora, deixo o resultado da minha consulta de hoje (26/8/16) com este oráculo online; perguntando sobre o resultado deste projeto bahamut 612 a carta que me foi apresentada é "O Mundo". E pelo que interpretei desta carta ela significa sucesso. ;^)
 
E para encerrar o post deixo uma das frases mais marcantes de Yuuko em XXX Holic:
 
Nesse mundo não existem coincidências. Só há o inevitável.
XxxHolic-Wallpaper-5-xxxholic-2666998-1024-681
 

Comentários

Populares

Personagens femininas, uma lista

Poema O Ogro Montês

Os Demônios de Ergatan: Uma verdade além da névoa da fantasia

Minha foto
Éder S.P.V. Gonçalves
Oz, São Paulo, Brazil
Em uma cabana na montanha vive um monstro. A criatura selvagem é um ficcionista perigoso; escreve poema, romance e também conto. Em tom sério (e às vezes também com humor) fala sobre fantasia, mistério e terror. Mil hobbys ele tem; até desenvolvedor de jogos, podcaster e programador. De vez em quando se veste de humano e anda por cidades cinzentas só para saber como é viver em um cenário de horror. Este é um perigoso Ideário, pois é o caderno de anotações de um monstro polimático.