Crônicas de um Autor Independente: Novas capas, avanço no Podcast, muita animação e um ombro dolorido

Um desenho do meu jogo de basquete com minhas princesas

Agora são 18:10.

O outono começou há uma semana; trazendo consigo um pouco de frio que, no entanto, evaporou ao longo de sua primeira semana.

Hoje o calor reina absoluto e o sol castiga aqueles que não podem fugir de seus raios fustigantes.

Há também muitas nuvens no céu e como é outono, não dá para saber como o clima estará até o final do dia.

A última semana foi muito produtiva.

Claro que em algum momento precisarei ir mais de vagar; dormir mais cedo e me recompor. No momento, porém, estou seguindo o fluxo.

Eu havia dito que não pretendia mudar a capa de "Os Demônios de Ergatan" e "O Leão de Aeris" tão cedo. Mas acabei mudando, para minha própria surpresa.

Não foi nada planejado. A coisa apenas aconteceu.

Quando vi, minhas brincadeiras com imagens e fontes acabou tomando forma e eu pensei "não posso desperdiçar uma ideia tão boa".

Os livros físicos ainda permanecem com as mesmas capas (até mesmo por respeito àqueles que já compraram a edição física desses livros).

Mas os ebooks já se encontram com as imagens novas.

Eu ainda não subi no Pinterest a enorme quantidade de artes que eu fiz antes de chegar a uma escolha para cada um dos dois livros. O Pinterest pede alguma descrição para cada imagem e, no final, eu não sei se vou ter o tempo que eu gostaria para manter minhas artes lá. Mas em outro momento penso nisso com calma.

Além das capas, consegui entregar o segundo episódio do PodCast "A Caravana das Sombras", intitulado "O Veneno do Despertar". Esse episódio a segunda e última parte da Introdução do livro "Os Demônios de Ergatan" (eu sei, é uma longa introdução).

Fiquei contente com o resultado final da edição do áudio (os efeitos sonoros, a trilha sonora e tudo o mais). Espero que o público também goste.

Também estive trabalhando em um novo texto de apresentação para a saga Psicotrápolas. Para quem não sabe, Psicotrápolas é a coleção de histórias à qual esses dois livros (Os Demônios de Ergatan e O Leão de Aeris) pertencem. Logo mais estarei colocando esse texto e a arte de capa relacionada no site da Amazon, e também aqui no meu Blog.

Também amadureci algumas outras ideias sobre outros projetos em andamento. Alguns são detalhes sobre Rei Ladrão & Lâmina Randômica (título provisório), outros são sobre o PodCast "A Caravana das Sombras" e outros detalhes são sobre um trabalho do qual não posso falar muito ainda (mas espero poder falar em breve).

Mesmo com toda a atribulação dos últimos dias, consegui separar algumas horas ontem à tarde para jogar basquete com minhas princesas (minha filha Diana e minha sobrinha Michelly). Elas me derrotaram completamente nos lances livres. Minha vergonhosa performance foi assistida ao vivo por um público interessante: uma família de pequenos saguis que volta e meia visitam nosso condomínio em busca de frutas (e de um entretenimento esportivo de alta qualidade como foi o nosso jogo de basquete).

Agora são 19:10.

Com um ombro dolorido e muito animado com todo o trabalho, eu vou ficando por aqui.

Até a próxima.

Comentários

Populares

Personagens femininas, uma lista

Poema O Ogro Montês

Os Demônios de Ergatan: Uma verdade além da névoa da fantasia

Minha foto
Éder S.P.V. Gonçalves
Oz, São Paulo, Brazil
Em uma cabana na montanha vive um monstro. A criatura selvagem é um ficcionista perigoso; escreve poema, romance e também conto. Em tom sério (e às vezes também com humor) fala sobre fantasia, mistério e terror. Mil hobbys ele tem; até desenvolvedor de jogos, podcaster e programador. De vez em quando se veste de humano e anda por cidades cinzentas só para saber como é viver em um cenário de horror. Este é um perigoso Ideário, pois é o caderno de anotações de um monstro polimático.