Crônicas de um Autor Independente: Promoção dia 15 de Março: “Dia do Consumidor”



Esta é a Semana do Consumidor na Amazon e eu vim aqui hoje falar do próximo evento promocional (ideia que vou manter ao longo do ano para promover meus livros). Inclusive pretendo adicionar um calendário no blog com todas as datas.

No mês passado (Fevereiro) foi no dia 7; um dia que escolhi ao acaso, em parte porque SETE é meu número da sorte e em parte porque eu queria testar uma data.

Já neste mês de Março vou deixar meus livros (ebooks) com uma promoção especial no dia 15 (dia do consumidor) na Amazon e até lá eles estarão com o preço reduzido.

São seis histórias ao todo, sendo três contos curtos e três histórias maiores (incluindo “Os Demônios de Ergatan” que, apesar de ser um conto, possui o tamanho de um romance com um pouco mais de 400 páginas).

Os leitores Geek que gostam de fantasia e terror terão a oportunidade de conhecer minhas obras.

Peço a todos que leiam, votem e deixem seus comentários e opiniões sinceras no site da Amazon (e aqui no meu Blog também). Assim eu aprendo com o feedback e conheço um pouco os leitores e leitoras que leêm os meus livros.

Ebooks em Promoção no dia do Consumidor (15/3) e com preço reduzido na Semana do Consumidor:

Os Demônios de Ergatan

Edin é um andarilho do povo Suna Mandhi. Ele e seu filho Dion; um garoto capaz de ver espíritos, estão à procura de um traidor de seu próprio povo; Gorgo, o qual foi condenado à morte por revelar os conhecimentos secretos que compõe as tradições de sua própria gente.
O rastro de Gorgo leva a dupla até uma vila pesqueira. Lá chegando, Dion percebe uma presença os observando de toda parte; um espírito destrutivo e cruel.
A neblina cobre este pequeno pedaço de mundo, envolvendo a tudo e todos em uma cortina fantasmagórica na qual os vultos sombrios dos galhos das árvores se confundem com os fantasmas e demônios reais que se escondem em cada fresta, atrás de cada pedra e nos corações das pessoas…


O Leão de Aeris

Hoje comemoramos a Marcha da Coroação Celestial. É o dia em que um campeão ou campeã são escolhidos para receber o título de Leão ou Leoa de Aeris, minha terra natal. Esta é uma homenagem em minha honra, pois eu fui o primeiro Leão de Aeris.
Mas do que trata esta comemoração? Simplesmente da última campanha militar de uma era. Trata-se também de vergonha, arrependimento e mentira; um mar de mentiras com que os poderosos afogam a verdade para se manterem em seus tronos sangrentos.
Corajosamente nós, guerreiros e guerreiras de sua majestade, pegamos em armas e marchamos para as desérticas terras ao oeste. Mais que corajosamente, eu diria até que marchamos com a arrogância de uma potência pouco acostumada à derrota. Mas o destino, com ironia sardônica, nos recebeu com o impensável. Ali eu vivi o fantástico e o terrível, e nunca mais fui o mesmo.
Deixe-me lhes falar sobre os segredos terríveis que dormem sob as areias do Vauandusalan di Gon...

A Rua dos Anhangás

Bem vindos à Rua dos Anhangás...Volta e meia coisas estranhas acontecem nesta rua e suas imediações. Os boatos correm de boca em boca, falando sobre pessoas desaparecidas e até mesmo sobre uma fera que estaria devorando não só gente como também os vira-latas que vagueiam pela região.Mas, por mais que gostem de espalhar boatos, as pessoas não costumam crer realmente neles...







Contos Curtos

José e o Boca de Lobo

Bem vindos à Rua 13. Por favor, quando passarem por aqui novamente venham me cumprimentar. Mas se estiverem procurando por respostas, vou logo avisando, aqui vocês não encontrarão nenhuma, por mais que as procurem. Mesmo assim eu sei que vão procurá-las. Esta é, afinal, a grande ironia com os humanos; procuram para não achar, e acham o que não procuram. Em todo caso, venham conversar comigo. Sem isso minha vida seria tão tediosa quando a de um poste na calçada de uma ruazinha monótona.- O Boca de Lobo






Um Espelho na Parede Oposta


Um conto sobre a irrealidade da realidade. Sobre onde nossas mentes divagam quando não estão onde deveriam estar.











Uma Barata Toma Café


Como seria acordar e descobrir que o governo barateou as pessoas e encareceu as baratas?Não sei se este conto é sobre um diálogo absurdo ou sobre um absurdo no diálogo. Ao lerem, espero que descubram.

Comentários

Populares

Personagens femininas, uma lista

Poema O Ogro Montês

Os Demônios de Ergatan: Uma verdade além da névoa da fantasia

Minha foto
Éder S.P.V. Gonçalves
Oz, São Paulo, Brazil
Em uma cabana na montanha vive um monstro. A criatura selvagem é um ficcionista perigoso; escreve poema, romance e também conto. Em tom sério (e às vezes também com humor) fala sobre fantasia, mistério e terror. Mil hobbys ele tem; até desenvolvedor de jogos, podcaster e programador. De vez em quando se veste de humano e anda por cidades cinzentas só para saber como é viver em um cenário de horror. Este é um perigoso Ideário, pois é o caderno de anotações de um monstro polimático.